terça-feira, 4 de abril de 2017

527 - Inauguração da Biblioteca Escolar na EB1 Cata-vento da Paz em Almada

Hoje viveu-se um momento de festa em Almada: foi inaugurada uma nova Biblioteca Escolar (a 50ª no concelho) na EB1 dos cata ventos da paz do Agrupamento de Escolas Emídio Navarro.    

No contexto da sociedade atual, uma biblioteca escolar tem um papel central no sentido de promover nos alunos a aquisição de competências ao nível da leitura e das literacias, para a formação de cidadãos críticos e autónomos e para a melhoria das aprendizagens em geral.

Acresce-se ainda, como desafio e função para a biblioteca escolar, a recente publicação da resolução do conselho de ministros n.º 48-0/2017 que aprova as linhas orientadoras do Plano Nacional de Leitura http://data.dre.pt/eli/resolconsmin/48-d12017/03/31/p/dre/pt/html no qual se refere que importa:
a)      Criar um vasto compromisso social em torno da promoção da leitura como prioridade política, tendo em vista o desenvolvimento da líteracia e o reforço dos hábitos de leitura na população;
b)      Lançar programas dirigidos a crianças, jovens e adultos, que visem promover o desenvolvimento de literacias múltiplas, designadamente, a da leitura e escrita, a digital: da informação visual, científica e tecnológica, de forma a preparar a população Portuguesa para as exigências da sociedade do Século XXI;
f)  Promover as relações entre a leitura, a literatura, as artes, as ciências e a tecnologia e fomentar a cultura científica, tecnológica e artística, em colaboração com instituições de ciência e de cultura;
Se adicionarmos ainda a ideia de que hoje, a biblioteca não se confina a um espaço físico nem a recursos físicos, mas se prolonga no espaço e no tempo através de recursos virtuais que deverão encontrar-se devidamente seleccionados e organizados e estar disponíveis 24 sobre 24 horas por dia ficamos com ideias bem claras sobre o acerto e a importância de se equiparem as escolas com bibliotecas Escolares, para mais, existindo em Portugal a figura do(a) professor(a) bibliotecário(a) que é um profissional duplamente qualificado, quer em competências de ensino numa sua área disciplinar específica, quer especializando-se em competências de gestão da informação, da leituras de gestão de bibliotecas.

Longa vida às bibliotecas Escolares que contribuam para que se alcancem os objectivos acima. 




domingo, 2 de abril de 2017

526 - Publicação da Unesco: "Using Libraries to Support National Literacy Efforts"

The policy brief on Using Librariesto Support National Literacy Efforts, published by the UNESCO Institute for Lifelong Learning (UIL), is now also available in Spanish, French and Arabic.


It examines the role of libraries in supporting lifelong literacy by looking at how libraries nurture early literacy skills up to advanced levels of literacy proficiency. By providing literacy resources for children, youth and adults at all proficiency levels, they are making an enormous contribution to supporting a reading culture and the creation of a literate society. Libraries need to be involved in policy dialogue connected to literacy. Used strategically, they have the potential to play a key role in promoting national literacy efforts, as they are trusted by people in the communities they serve and are in a good position to provide a wide variety of literacy opportunities.

sábado, 1 de abril de 2017

525 - Novas orientações para o Plano Nacional de Leitura (2017-2027)

Teresa Calçada e Elsa Conde no PNL2017

com a devida vênia ao blogue Bibliotequices: http://bibliotequices.blogspot.com/2017/03/teresa-calcada-e-elsa-conde-no-pnl2017.html#ixzz4d118ReEx
---
Ler resolução do conselho de ministros n.º 48-D/2017 Diário da República n.º 65/2017, 1º Suplemento, Série I de 2017-03-31 aqui 
---
A implementação e monitorização do Plano Nacional de Leitura até 2027 ficará sob responsabilidade de uma comissão que inclui os Ministérios da Educação, Cultura e Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.
A comissão interministerial a ser presidida por Teresa Calçada e Elsa Maria Conde estará dependente do Ministério da Educação, em articulação com as tutelas da Cultura e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Objetivo: "Fazer uma aposta abrangente na leitura, seja a literária, científica, em papel ou noutros suportes" (Teresa Calçada).

O PNL quer agora “levar a leitura a outras esferas da sociedade”, mostrando que esta “não é apenas património de alguns” e promovendo hábitos de leitura ao longo da vida: junto de famílias, crianças, jovens e adultos. E, sem descurar o papel das bibliotecas escolares, pretende-se criar condições para a promover nas instituições de ensino superior e da rede de centros de Ciência Viva.

 “Em todos os locais onde seja possível dizer 'ler é bom', é isso que vamos fazer”, realça Teresa Calçada. “Queremos mostrar às pessoas que a leitura não passou de moda, está na ordem do dia.”

Elsa Maria Conde
Maria Teresa Calçada



Fonte: Expresso | Relançado por mais dez anos, Plano Nacional de Leitura quer apostar na ciência e no digital - http://expresso.sapo.pt/sociedade/2017-03-30-Relancado-por-mais-dez-anos-Plano-Nacional-de-Leitura-quer-apostar-na-ciencia-e-no-digital


Ler Mais:


RTP: Plano Nacional de Leitura até 2027 com aposta na literacia científica e digital - Governo - Cultura - RTP Notícias - https://www.rtp.pt/noticias/cultura/plano-nacional-de-leitura-ate-2027-com-aposta-na-literacia-cientifica-e-digital-governo_n992174

Observador: Plano Nacional de Leitura até 2027 com aposta na literacia científica e digital - http://observador.pt/2017/03/30/plano-nacional-de-leitura-ate-2027-com-aposta-na-literacia-cientifica-e-digital/


Read more: http://bibliotequices.blogspot.com/2017/03/teresa-calcada-e-elsa-conde-no-pnl2017.html#ixzz4d118ReEx