terça-feira, 28 de dezembro de 2010

129 - Dropbox

Embora já não assunto novo para mim, só há poucos dias começei a usar a dropbox... preguiça? o facto de ter uma giga pen? o medo da "nuvem" que nos guarda tudo mas depois, um dia, fecha serviços...

Não interessa. O facto é que instalei, começei a usar e tornei-me fã!

Qual o conceito? É ter um espaço num servidos online onde se guardam os nossos ficheiros e que depois pode ser sincronizado com cada um dos computadores em que trabalhamos de modo a que nada se perca quanto às actualizações.
Tem também a vantagem de se poderem compartilhar ficheiros ou pastas com colaboradores e, tal como o google docs, poderemos ter uma única versão num trabalho colaborativo...
Qual o senão? o espaço online é pequeno (2 Giga de início). Para quem estava habituado a ter imenso espaço e ter tudo na pen, torna-se difícil escolher o que se quer ter online e o facto de ficarmos totalmente dependentes da net se trabalharmos num computador público, pois nesse caso não queremos sincronizar os nossos trabalhos e deixá-los acessíveis a todos...



segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

128 - Bibliotecas Escolares Portuguesas - ponto da situação

Graças à Luísa Alvim tive acesso a um vídeo sobre promoção da leitura que foi elaborado a propósito do centésimo aniversário da Associação de Bibliotecas Finlandesas



Dei por mim a pensar...  Senti-me orgulhoso de pertencer ao programa da Rede de Bibliotecas Escolares e mais icncretamente ao seu Gabinete que nasceu em 1996 (tem portanto quase 15 anos). Orgulho-me de em apenas 15 anos termos já atingido um nível fantástico tendo em conta o enorme atraso que tínhamos em relação aos países nórdicos.
Quantos países se podem orgulhar de ter uma rede que:
- Integrou mais de 2000 Bibliotecas em Rede e lhes dá apoio?
- Tem um Programa oficial de Formação que formou milhares de professores em centenas de acções de formação contínua desde 2006.
- Tem um conjunto de aproximadamente 1500 professores Bibliotecários a tempo inteiro (ou quase) que dão apoio às Bibliotecas Escolares dos agrupamentos
- Tem um modelo de Auto-avaliação das Bibliotecas Escolares
- Tem um conjunto de aproximadamente 50 coordenadores interconcelhios que apoiam os professores Bibliotecários das escolas e ajudam a implementar o programa RBE ao longo da país
- ...

Quantos países se podem orgulhar disto? muito poucos! sei-o de experiência própria através de contactos que fui estabelecendo em toda a Europa e de redes de Bibliotecários. Ou não têm Bibliotecas em determinados Ciclos de ensino, ou não têm professores Bibliotecários, ou estes não têm estatuto nem formação ou sei lá que mais...

É verdade que muita coisa nasce do berço (veja-se o vídeo acima), é verdade que se demora anos a colher os frutos de um trabalho, mas estamos no bom caminho. Nascemos muito tarde mas queremos fazer. Muito faz quem quer. Estamos de parabéns. Não temos de nos envergonhar do nosso programa!

Saibamos consolidá-lo!   

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

127 - Internet segura

Bom... Começo por uma declaração de princípios! Acho a Internet tão insegura como é inseguro andar na rua e como inseguro é viver numa grande cidade.

Todos sabemos que é necessário algum cuidado ao andar de transportes públicos, levantar dinheiro, falar com estranhos, dizer num café que vamos de férias, ...

Pois, a Internet reproduz a sociedade. como não somos todos anjinhos, também para nela se mover são necessários alguns cuidados...

Aceito que é preciso ensinar miúdos e alguns adultos a navegar com segurança, pois se até a mulher do chefe dos serviços secretos ingleses colocou fotos de família no facebook...

Vale a pena andar por aqui: http://www.seguranet.pt/blog  





quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

126 - Estudo sobre redes sociais em Espanha Nov 2010

Vale bem a pena ver a apresentação sobre o estudo efectuado em Espanha: Objectivos e metodologia do estudo; penatração das redes sociais: perfil comparativo dos utilizadores, ...

Os dados são recentíssimos

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

125 - Inventam-se novas bibliotecas para este século













Post inspirado em Tecnoeducando  
Dá mesmo que pensar... Para que servem as Bibliotecas? que utilizadores as procuram? será sensato ficar parado e nada fazer? o que mudar? mudar por mudar? é o fim do livro?
---
Compartilho uma lista de links relacionado com o mundo das Bibliotecas que tem saído na impressa Espanhola durante esta semana. O tema principal é o presente e o futuro das Bibliotecas e a necessidade de estas se adaptarem à era da hiperinformação. 

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

123 - Tecnologias e web social

Excelente apresentação de Catuxa Seoana, no  VII Encuentro Nacional de BiblioRedes que se realizou no Chile a 19 e 20 de Outubro de 2010

Eis a breve descrição da apreserntação, segundo a própria:

"Mi ponencia que llevó por título Fomento lector y Web Social recogió la experiencia de las Bibliotecas Municipales de A Coruña en las redes sociales, donde la personalización de los servicios bibliotecarios es pieza clave para que nuestros usuarise sientan acogidos ( “apapachados” como dice Verónica Juárez) en los espacios que ofrece la biblioteca. Intenté ofrecer ideas para fomentar la lectura con ejemplos reales de herramientas de la Web Social que logran y propiciar la participación e interacción ciudadana desde lo virtual y que vivo de cercaen mi trabajo como responsable de Tecnologías Emergentes en las Bibliotecas Municipales de A Coruña:

•La red de blogs temáticos
•El uso de los wikis
•Las presencia de la biblioteca en las redes sociales: Facebook, Twitter, Flickr, Slideshare, Youtube, Slideshare, etc."

122 - Digital and Media Literacy: A Plan of Action A White Paper by Renee Hobbs



















Do autor  Renée Hobbs, foi publicado o livro branco "Digital and Media Literacy: A Plan of Action".Para ter acesso ao documento em formato PDF carregue na imagem

Índice
From Report to Action
Executive Summary
The Knight Commission Recommendation
The Heritage of Digital and Media Literacy
Meeting the Needs of All
Where Learning Occurs
Learning and Teaching: What Works
Issues to Consider When Implementing Digital and Media Literacy Programs
A Plan of Action: 10 Recommendations
Who Should Do What
Conclusion: Imagining the Future
Appendix
Portraits of Success
About the Author
About the Communications and Society Program